As Novas Ferramentas de Gestão Para Micro e Pequenas Empresas

As Novas Ferramentas de Gestão Para Micro e Pequenas Empresas

postado em: Companies and Markets | 0

Tempo de Leitura: 3 Minutos

Um novo método de administrar está surgindo e promete revolucionar a maneira como lidamos com questões essenciais da gestão empresarial para micro e pequenas empresas.

Tudo começa com a Lei Complementar nº 128, de 19 de dezembro 2008 (MEI), que possibilitou a formalização de empreendedores por conta própria, tais como costureiras, feirantes, mecânicos e pequenos empresários. O objetivo do Microempreendedor Individual foi possibilitar a criação da empresa virtual (ILTDA ou I-LTDA), um tipo de entidade econômica que se realiza principalmente via Internet.

Alguns anos depois, com o lançamento do software MarketUP, torna-se possível automatizar desde o controle de estoque até as vendas, emissão de nota fiscal e DRE. A diferença em relação a todas as opções disponíveis no mercado é que faz tudo isso de graça.

“A lógica do negócio é simples. Os usuários não precisam gastar para ter um software de gestão, mas deixam que a MarketUp tenha acesso a todas as informações sobre suas empresas. Com dados sobre o estoque e o fluxo de caixa, a empresa consegue enviar propagandas feitas sob medida para cada momento. Bancos podem oferecer linhas de crédito, e fornecedores podem anunciar seus produtos.” – EXAME

Antes do MEI o custo para abrir uma empresa no país era de aproximadamente 10 salários mínimos, agora todo processo de formalização é gratuito, ou seja, o empreendedor se formaliza sem gastar um centavo. Antes do MarketUP o custo da automatização comercial para um pequeno negócio poderia facilmente consumir outros 10 salários, agora tudo pode ser feito de graça, sem intermediários e apoiado pelo Sebrae. (Desde 2013, o Sebrae indica a MarketUP para empreendedores interessados em otimizar a administração dos seus negócios).

Empresas no mundo inteiro mobilizaram-se para criar e desenvolver ótimas ferramentas de gestão. Dropbox, Google Drive e One Drive permitiram armazenar arquivos em nuvem, com total segurança, eliminando totalmente a necessidade de backups diários; Evernote e Office 365 oferecem ferramentas de produtividade e organização. O LibreOffice é uma alternativa gratuita ao Office 365, adotado por inúmeras empresas; Calendários, Cursos de Inglês, Recarga de Celular (iRecarga), Aplicativos de Comunicação (Whatsapp, Line e Facebook) e de Vendas (Mercado Livre, Enjoei, OLX), para citar alguns.

Até o sistema de recebimentos mudou, antes restrito a poucas empresas, Elavon, Redecard e Cielo ganharam concorrentes expressivos que oferecem as Maquininhas sem mensalidade e com taxas mais atrativas, como as do PagSeguro e do Mercado Pago.

A Startup Contabilizei oferece um escritório de contabilidade online a partir de R$ 60,00 ao mês*, eliminando a figura do profissional nas pequenas empresas; Minhas Economias permite que você assuma e controle suas finanças pessoais com segurança, é totalmente gratuito. Fiverr e We Do Logos oferecem serviços de criatividade, como logomarcas e cartão de visitas que, de outra forma, não seriam acessíveis ao microempresário. E o que isso tudo tem a ver com a minha empresa?

Custos. Em um ambiente livre, o acesso a internet tem favorecido a redução de custos, a economia de tempo e de dinheiro. Automatizar é tornar-se mais eficiente, é melhorar a administração de seu negócio. Ao concentrar as atividades online, sua empresa pode crescer mais, tem mais segurança e visibilidade e ainda participa do desenvolvimento sustentável do planeta – através da economia de papel e de itens comumente utilizados em escritório. Tudo de graça, ou quase.

O Texto é direcionado a empreendedores, microempresários e todos que desejam iniciar uma empresa, é uma luz no fim do túnel, um manual sobre como fazer as coisas. É prático, não teórico e direto. Vou dar exemplos:

1. Uma Empresa de Cartões Postais Procure na web frases inspiracionais, criativas ou escreva as suas próprias, use o We Do Logos ou o Fiverr para criar as artes, com o We Do Logos é possível solicitar até 50 opções de artes por apenas R$ 655,00*, ou seja, cada arte custa R$ 13,10. Depois é só levar a uma gráfica, imprimir 500 unidades de cada e tentar vende-los para papelarias, livrarias, lojas de conveniência, distribuidoras de bebidas ou qualquer outro lugar onde eles forem aceitos. É recomendável ter conhecimento básico de Corel Draw e Photoshop (ou similares) para empreender.

2. Qualquer Empresa de Produtos Artesanais Até o nome e o Slogan podem ser comprados por R$ 395,00 cada*. Anuncie seus produtos nos aplicativos de comunicação (Instagran, Facebook, etc.) e nos sites de vendas (Mercado Livre, etc.).

3. Um pequeno comércio Supermercados de bairro, distribuidoras de bebidas, farmácias, bancas de revistas, bares e vários outros. Encontre um ponto comercial, cadastre sua empresa no MEI (ou utilize a que você já tenha), encontre fornecedores, crie sua logo, guarde suas informações no Dropbox ou Google Drive, utilize o LibreOffice para criar as planilhas e textos, automatize com o MarketUP e comece a vender. Utilize a ferramenta Minhas Economias para administrar seus ganhos e assim que o negócio crescer contrate a Contabilizei (ou similar) por apenas R$ 49,00 mensais*, migre seu negócio para o Simples Nacional.

4. É Profissional Autônomo? Você pode criar uma identidade visual, com material de papelaria personalizado e Slogan, utilizar Minhas Economias para ter controle de gastos e investimentos, abrir uma empresa (MEI) para contratar um estagiário nas tarefas corriqueiras e ganhar tempo para prospectar novos clientes e novos negócios. Tudo é possível.

*Valores praticados em maio de 2016

Deixe uma resposta